BONEY M DE VOLTA AO PASSADO AO P…

Pela mão de Boney M, os g…

ELIANE DE JESUS: SINTO-ME BEM AM…

ELiane de Jesus é o nome …

Kandjulado, do acampamento de es…

Grupo composto por sete a…

Bass revela as razões que o leva…

Bass, detentor de uma das…

Namibe: Show deLil Saint, Kyaku …

A primeira semana do Mês …

Single de Johnny Ramos no Top da…

O regresso aos lançamento…

GRUPO KASSAV EM ANGOLA E PELA PR…

O grupo Kassav com mais d…

Calema: “Pretendemos levar o álb…

A dupla Calema, composta …

Neide Sofia dispensa convites pa…

Neide Sofia declinou um c…

Fundos do show dos dez anos de c…

C4 Pedro, um dos mais inf…

«
»
SIGA-NÓSTwitterFacebook

LUBANGO A CIDADE DO CONHECIMENTO

  • Written by:

AQUI OS FOTÓGRAFOS SÃO OS MELHORES GUIAS TURÍSTICOS
Lubango é a capital da província da Huíla. Situada no planalto da região sul de Angola com cerca de 318 mil habitantes, segundo os dados do senso geral da população de 2014. Nossa viagem hoje pela região sul do país destaca a quarta cidade mais movimentada de Angola depois de Luanda, Huambo e Benguela, com a entrada e saída de visitantes sobretudo turistas, comerciantes, estudantes provenientes de outros pontos do país em busca de conhecimento.

Para estarmos mais por dentro, simpatizamo-nos com o senhor Mário Borges, fotógrafo de profissão, segundo ele, os locais mais solicitados pelos visitantes para tirar fotografias destacam-se a estátua de Cristo Rei, Fendas da Tunda-Vala (estas fendas monumentais proporcionam ao visitante um espectáculo fascinante avistado da parte alta da cidade), Cascata da Huíla e ao Jardim da Avenida Gabriel Galofe, também chamado por Jardim da Maternidade. O nosso interlocutor disse à Famastar que aos dias de hoje as pessoas já não vão à cascata da Huíla com tanta frequência como em anos anteriores devido ao baixo nível do caudal d’água, “foi baixando devido aos nativos que foram desviando água para irrigação das suas plantações. Destaca-se também o Miradouro da Boca da Humpata, fica a caminho do Namibe.

A Famastar sugere também que o caro internauta visite a Fenda do Alto Bambi e a Barragem das Neves e o Cristo Rei localizado na ponta do Lubango. Para ir aos locais mais distantes, os fotógrafos são contratados pelos clientes que possuem meios de transporte ou ainda os mesmos alugam viaturas para chegar ao ponto de referência para tirar um bom poster fotográfico. Os preços aplicados actualmente são altos em relação há quatro ou cinco anos. As razões apresentadas passam pela situação económica do país que trouxe como consequência a subida dos preços dos acessórios (impressora, tinteiro, entre outros) daí que se está aplicar o preço de 500 Kwanzas cada foto. Já para cobertura de um casamento ou festa de aniversário diminui-se o preço para 350 kwanzas ou mesmo 300.
Por outras palavras, quanto maior for o número de fotografias, menor será o preço a ser aplicado para cada unidade, pois a entrega do produto final só mesmo depois de 24 horas.
Lubango é a porta de passagem dos turistas que têm como destino principal a província do Namibe para conhecer a Serra da Leba, o deserto mais antigo do mundo e a rara planta Welwitschia Mirabilis, também é ponte de transição por estrada de quem sai de Luanda, Benguela, Huambo e outras províncias em direcção à República da Namíbia. É nesta cidade capital da antiga Sá da Bandeira onde se encontra a Direcção dos Caminhos de Ferro de Moçâmedes que vai até à província de Kuando kubango. Lubango é um dos 13 municípios da província da Huila. Sendo a capital, os seus habitantes muitos deles são provenientes de outros doze municípios como: Quilengues, Humpata, Chibia, Chiange, Quipungo, Caluquembe, Caconda, Chicomba, Matala, Jamba, Chipindo e Kuvango. Dai a razão de encontrar-se uma diversidade linguística entre os munícipes residentes na cidade do lubango, onde podemos encontrar os falantes de Lingua Umbundu (sendo a maioria na cidade do lubango), Nyaneca, Nkhumbi, Nganguela, Tchokwe e Herero.

Lubango assumiu a categoria de cidade desde 31 de Março de 1923 na altura com o nome de Sá da Bandeira tendo prevalecido ate a independência de angola alcançada em 1975. Tem três alternativas para receber os seus visitantesː via ferroviária pelo caminho de ferro de Moçâmedes, via rodoviária e pela via aérea através do aeroporto da Mucanca.
Em caso de hospedagem, a cidade oferece serviços de hotelaria em quantidade e qualidade
aceitavel. Voltando ao tema deste artigo sobre a fotografia e os fotógrafos, em anos anteriores os profissionais deste ramo faziam uma rotatividade na hora de atender aos clientes que querem ser fotografados. Ou seja, cada um sabia quem era o primeiro a fotografar e de quem seria o próximo cliente, assim sucessivamente. O senhor Borges na sua explanação afirmou que hoje em dia atendendo o país conforme está, agora é depender da sorte de cada um, basta estar atento, ver o cliente à distância, dá um sinal e ai vai ao encontro desse cliente e se um outro passar em frente considera-se uma barreira, enfatizou.
É caso para dizer que tirar fotografias na parada, aconselha-se ter olhos apurados para aplicar o método de observação.

Reporter: Dino da Costa

Noticias

Musica

Eventos

Reporter Famastar

SOBRE NÓS