POR QUE O CÂNCER DE MARCELO REZE…

Steve Jobs, Patrick Swayz…

Neide Sofia dispensa convites pa…

Neide Sofia declinou um c…

Fundos do show dos dez anos de c…

C4 Pedro, um dos mais inf…

Dj Dias Rodrigues junta artistas…

O Dj Dias Rodrigues vai j…

Os Dream Boys vão sair da Bom So…

Os membros do grupo music…

Novo projeto social leva Neide a…

A cantora e bailarina Nei…

Onde está o coração de Matias Da…

«Onde está o teu coração …

Pedro é o destaque no festival d…

O músico angolano C4Pedro…

Força Suprema: “Se fosse para vo…

Conquistando o público an…

NANDINHO SEMEDO ESTREIA NOVO VID…

O músico internacional Na…

«
»
SIGA-NÓSTwitterFacebook

Cantor angolano Calabeto recebe distinção no “Paraíso”

Calabeto é homenageado neste domingo a partir das 10h00, durante um espectáculo na sala “Rei Elias”, no Complexo Turístico Weza Paradise, em Luanda, inserido no projecto Palco das Recordações.

Com entradas livres, o espectáculo de homenagem visa comemorar os 55 anos de carreira do cantor Calabeto e vai contar com alguns convidados especiais como Lulas da Paixão, Dom Caetano, Robertinho, Margareth do Rosário e Ivan Alexei, com o suporte musical da banda Movimento.
O objectivo da gerência do espaço, para este ano, é homenagear figuras angolanas que, com o seu talento artístico, têm dado o seu mais valioso contributo à divulgação da música angolana, não apenas no país, mas também no estrangeiro.

Gaspar Neto, proprietário do Weza Paradise, avançou que esta a ser preparada uma homenagem ao nível dos grandes feitos e conquistas ao longos de mais de cinco décadas do autor de sucessos como “Ngolo Yami” e “Zambi”.
Com direito a fogo de artifício durante o concerto, explicou, que vão ser apresentados alguns testemunhos de colegas e amigos sobre o percurso artístico de um dos maiores ícones da música urbana no país. “Queremos prestar tributo aquele que tem sido um dos maiores intérpretes e cantores no nosso mercado musical”.

Realçou que está a ser preparado um convívio à base da tradição angolana, para ajudar a manter vivas as recordações de várias décadas da música popular angolanas nos bairros periféricos de Luanda, onde Calabeto foi um dos impulsionadores.
Gaspar Neto disse que o homenageado, que celebra 55 anos de carreira no sábado, está a preparar um alinhamento com temas antigos e conhecidos dos admiradores.

António Miguel Manuel Francisco “Calabeto” nasceu em Luanda no dia 3 de Abril de 1945 e começou a cantar no grupo coral da Missão Evangélica da capital. Em 1958, fundou a Turma Rio de Janeiro. Com uma carreira iniciada na década de 50, Calabeto possui um repertório no qual se destacam vários temas de sucesso, como “Nzambi”, “Ngolo Yami”, “Avante o Poder Popular”, “Tussocana Kiebi”, “Camarada Presidente” e “A Vitória é Certa”. Calabeto tem no mercado o CD “Kamba Dyami” e a participação no projecto discográfico intitulado “Geração do Semba (volumes um e dois)”.
Pelo “Palco das Recordações” já passaram, entre outros, os músicos Marito, Zé Keno, Elias dya Kimuezo, Dina Santos, Clara Monteiro, Massano Júnior e Pedrito, bem como os agrupamentos Kiezos, Jovens do Prenda, Olímpia, África Fiesta e Afro Sound Stars.

Noticias

Musica

Eventos

Reporter Famastar

SOBRE NÓS