Single de Johnny Ramos no Top da…

O regresso aos lançamento…

GRUPO KASSAV EM ANGOLA E PELA PR…

O grupo Kassav com mais d…

Calema: “Pretendemos levar o álb…

A dupla Calema, composta …

Neide Sofia dispensa convites pa…

Neide Sofia declinou um c…

Fundos do show dos dez anos de c…

C4 Pedro, um dos mais inf…

Dj Dias Rodrigues junta artistas…

O Dj Dias Rodrigues vai j…

Os Dream Boys vão sair da Bom So…

Os membros do grupo music…

Novo projeto social leva Neide a…

A cantora e bailarina Nei…

Onde está o coração de Matias Da…

«Onde está o teu coração …

Pedro é o destaque no festival d…

O músico angolano C4Pedro…

«
»
SIGA-NÓSTwitterFacebook

WhatsApp: Há uma nova ameaça

Ainda recentemente noticiámos que existe um esquema fraudulento a circular e que consiste em receber uma mensagem pelo WhatsApp na qual é notificado para realizar um pagamento, caso contrário deixará de poder utilizar a aplicação.
No mundo da internet e das aplicações são quase tantos os perigos como as vantagens, por isso, é preciso estar sempre atento e não acreditar em tudo o que se vê.

Exemplo de um desses perigos é o novo esquema fraudulento que está a afetar, pelo menos, um milhão de utilizadores do WhatsApp no Brasil.

O alerta é feito, em exclusivo, pela empresa de segurança Psafe ao site especializado TechTudo. Segundo os especialistas em causa está a promessa de poder mudar a cor da aplicação. Quem acreditar nesta possibilidade e quiser mesmo colocar o tradicional verde de parte é levado a clicar num link que transportará o utilizador para uma página simples onde se lê que a mudança está disponível para Android, iOS, Windows Phone e BlackBerry e que basta clicar no botão ‘Ativar Agora’ para dar início à mudança.

Depois de carregar no referido botão, explica o Tech Tudo, o utilizador tem de partilhar um link com 10 amigos ou cinco grupos na app. Concluído este processo, surgirá uma página onde se lê ‘Ativar novas cores’ e será pedido à vítima que abra um novo link, desta vez no computador através do WhatsApp Web.
Porém, a mudança de cores da app realmente não existe, o que leva o utilizador a instalar terceiras aplicações que podem, ou não, conter vírus.

Independentemente de ter ou não conteúdo malicioso, a verdade é que por cada app instalada na sequência de todo este processo, o hacker recebe uma generosa quantia em dinheiro pelo seu trabalho.
Esta ameaça já afetou um milhão de brasileiros, conta o TechTudo, não havendo, para já, informação de que a ameaça esteja disponível em Portugal.
No entanto, como vale mais prevenir do que remediar, fica já dada a dica.

Noticias

Musica

Eventos

Reporter Famastar

SOBRE NÓS